Tributo a Jim Morrison - Espetáculo JIM | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Tributo a Jim Morrison – Espetáculo JIM

Tributo a Jim Morrison com teatro cheio em Florianópolis

A semelhança física e do timbre de voz com Jim Morrison não são os únicos atributos do ator Eriberto Leão que contribuem para o sucesso do musical JIM, em cartaz no Teatro Pedro Ivo, em Florianópolis. Fã declarado do vocalista do The Doors e idealizador do espetáculo, o artista mostra que tem talento também para a música, ao interpretar os maiores sucessos do astro que morreu aos 27 anos.

Eriberto-Leao-espetaculo-JIM

 

No palco, Eriberto Leão interpreta um fã de Jim Morrison que está em frente ao túmulo do seu maior ídolo, no cemitério Père-Lachaise, em Paris. Aos 40 anos, o personagem principal do musical nunca conheceu James “Jim” Douglas Morrison, mas enfrenta a frustração de não ter vivido intensamente como ele. Com um revólver na mão, ele quer acertar as contas com Jim. O monólogo é quebrado com a chegada de uma misteriosa mulher, coincidentemente parecida com Pamela Courson, namorada do roqueiro.

Foi com o teatro cheio, na primeira noite do espetáculo, que Eriberto Leão mostrou a que veio. No palco, o que se viu foi uma harmoniosa interpretação de Eriberto e da atriz Renata Guida, em sintonia com a banda formada por José Luiz Zambianchi (teclado), Felipe Barão (guitarra) e Rorato (bateria).

Se a interpretação cênica e musical impactam positivamente, o texto, assinado por Walter Daguerre, não fica para trás. Com forte influência do legado poético deixado pelo astro do Rock (que abandonou a banda para viver com Pamela em Paris e se dedicar à literatura), costura bem os diálogos do brasileiro fã de Morrison com a mulher que aparece no cemitério – ou seria ela apenas a consciência do personagem fazendo com que ele avalie melhor o que foi fazer lá?

 

Serviço
O quê: Musical Jim, com Eriberto Leão
Quando: Sexta (30/09) e sábado (01/10), às 20h
Onde: Teatro Pedro Ivo (SC-401, no Centro Administrativo do governo do Estado), em Florianópolis

 

Ficha técnica:
Texto: Walter Daguerre
Direção: Paulo de Moraes
Elenco: Eriberto Leão e Renata Guida
Músicos: José Luiz Zambianchi (teclado), Felipe Barão (guitarra) e Rorato (bateria)
Direção musical: Ricco Vianna
Cenografia: Paulo de Moraes
Figurinos: Rita Murtinho
Iluminação: Maneco Quinderé
Engenharia e operação de som: Branco
Operador de som: Arthur Ferreira
Operador de luz: Jarbas Alves
Diretor de cena: Daniel Benevides
Assistente de direção: José Luiz Júnior
Assistente de iluminação: Russinho
Assistente de figurino: Luiza Moura
Programação Visual: Walter Daguerre
Fotografia: Marcelo Faustini
Mídias sociais: Matanay
Produção executiva: Carolina Consani e Roberta Marinho
Produção e Assessoria de imprensa: Barata Comunicação
Equipe Barata Comunicação:
Produtores: Elaine Moreira e Bruno Luzes
Financeiro: Mádia Barata
Imprensa: Priscilla Santos

 

Bianca Backes
bibackes@gmail.com
Foto:  Divulgação


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE