Lista de filmes que integrarão a 19ª edição da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é anunciada | Guia Floripa
PUBLICIDADE

Lista de filmes que integrarão a 19ª edição da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis é anunciada

Dos 198 filmes inscritos, 62 farão parte da programação - 41 nacionais e 21 internacionais. 

Para a edição de 2020 da Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis, 28 países inscreveram filmes. Na primeira semana de junho, foi anunciada a lista de selecionados para esta 19ª edição.

Dos 198 filmes inscritos, 62 são os escolhidos para fazer parte da programação. Dentre eles, 41 são nacionais e 21 internacionais.

O evento, seria realizado entre 27 de junho e 4 de julho, está com prazo adiado - por conta da pandemia de Covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus.

No entanto, a coordenação sinaliza que existe o desejo de realizar a Mostra ainda na Primavera, se possível. Mas essa possibilidade ainda está sendo estudada, pois a prioridade é resguardar a saúde de todos.

A curadoria da Mostra, que teve a coordenação este ano de Gilka Girardello, chama a atenção para os filmes de rara beleza, com questionamentos atuais, em favor dos Direitos Humanos, da Criança, da Terra e de vários outros direitos fundamentais.

Produtores de 16 estados brasileiros inscreveram seus filmes. Santa Catarina surpreendeu, alcançando a segunda colocação com 20 curtas-metragens submetidos. O primeiro lugar ficou com São Paulo - 33 filmes, e o terceiro com Amazonas, Minas Gerais, Pernambuco e Rio de Janeiro, empatados com o envio de nove filmes.

No cenário internacional, países nunca antes inscritos na Mostra participaram da seleção, como Mongólia, Bulgária e Singapura. Outra surpresa foi o Irã, que enviou 11 curtas-metragens. Argentina e Espanha foram os países que mais submeteram filmes - 13 cada um. Ao todo, 28 países enviaram seus filmes para a Mostra de Florianópolis, o que comprova a importância do evento no cenário internacional.

Selecionados curtas-metragens de todas as regiões do Brasil

Na programação da 19ª edição da Mostra estão curtas, médias e longas-metragens dos gêneros ficção, animação, documentário, cinema experimental, nacionais e internacionais. Também foram selecionados em torno de 10 filmes produzidos por crianças em projetos em escolas e comunidades.

Pela primeira vez a seleção é composta por curtas-metragens de todas as regiões do Brasil. Além dos selecionados, os filmes “O Pergaminho Vermelho”, de Nelson Botter Jr (SP, animação, 2019), e "O Outro Lado do Outro" de Rita de Cácia Oenning da Silva e Kurt Shaw (PE, documentário, 2019, 52min 03s) estarão na programação junto a outros longas-metragens convidados.

Entre os internacionais estão produções do Reino Unido e 11 países, destaque para Irã, Israel e Mongólia - estreantes na Mostra de Cinema Infantil de Florianópolis.

Os critérios utilizados na seleção foram qualidade estética, artística e técnica e endereçamento ao público infantil, levando em conta necessidades e interesses afetivos, estético-culturais e os direitos das crianças - incluindo seus direitos à imaginação, à ludicidade, à informação e ao conhecimento. Foram também valorizados aspectos como autoria e protagonismo infantil, diversidade cultural, originalidade nas abordagens técnicas e temáticas, sintonia com as especificidades do momento presente na perspectiva infantil.

Os filmes selecionados compõem as sessões destinadas a famílias, escolas, educadores, Mostras Itinerantes e sessão especial Direitos Humanos, novidade desta edição.

Selecionados para esta edição

Filmes Nacionais:

  • Aninha Joaninha (de Daniel Cipriano e José Raue, SC, animação, 2019, 05min 15s)
  • As Aventuras de Pety (de Anahí Borges, SP, animação, 2019, 14min 17s);
  • Bonito é? (de Ally Collaço, MS, documentário, 2019, 05min);
  • Carpe Diem (de Eddie Silva, SP, documentário, 2019, 01min);
  • Colmeia (de Karinna De Simone, SP, ficção, 2018, 8min 45s);
  • Conta Comigo (de Andrés Lieban, RJ, animação, 2019, 05min 06s);
  • Diário de Pilar (de Bruno Bask e Humberto Avelar, SP, animação, 2019, 11min);
  • Fábulas Tortas, a série - Abre, fecha, incendeia (de Dilea Frate, RJ, animação, 2018/2019, 07min);
  • Fermento (de Carlos Eduardo Ceccon, SC, ficção, 2020, 10min 58s);
  • Gustavo entrevista (de Sandra Amaral, SP, experimental, 2019, 02min 48s);
  • Hornzz (de Lena Franzz, RJ, animação, 2019, 05min);
  • Mãtãnãg, a Encantada (de Shawara Maxakali e Charles Bicalho, MG, animação, 2019, 14min);
  • Merengue Joe - Por quê o céu é azul (de Adalberto Miki, SP, animação, 2019, 02min 40s);
  • Monster Farma (de Maia Silva, SC, ficção, 2019, 07min 47s);
  • Nana e Nilo em dia de sol e chuva (de Sandro Lopes, RJ, animação, 2019, 05min 19s);
  • Napo (de Gustavo Ribeiro, PR, animação, 2020, 16min 40s);
  • Narratal de Faz de Contos (de Diego Rezende, PR, ficção, 2020, 14min 26s);
  • Notas da Vida (de Juli Torquato e Joice Oliver, RS, ficção, 2019, 04min 06s);
  • O Carreiro Anselmo (de Rosa Berado, GO, animação, 2019, 12min 06s);
  • O Celeticomus (de Marcelo Tannure, MG, animação, 2020, 17min 07s);
  • O Menino Que Engoliu o Sol (de Patricia Alves Dias, RJ, experimental, 2019, 07min 15s);
  • O Mundo de Clara (de Ayodê França, PE, animação, 2019, 07min);
  • O Outro Lado do Outro (de Rita de Cácia Oenning da Silva e Kurt Shaw, PE, documentário, 2019, 52min 03s);
  • O Pergaminho Vermelho (de Nelson Botter Jr, SP, animação, 2019, 01h 30min 33s);
  • O Show da Luna! (de Celia Catunda e Kiko Mistrorigo, SP, animação, 2020, 12min);
  • Os Pipocas (de João Lazaro e Ana Barroso, SC, documentário, 2019, 02min 53s);
  • Pila Pilão (de Giuliana Danza, MG, animação, 2020, 01min);
  • Pingo de respiro (de Jackson Abacatu, MG, animação, 2019, 01min 19s);
  • Planta (de Pedro Vieira e Rafael R. Fontcuberta, SP, animação, 2019, 02min 09s);
  • Poética de Barro (de Giuliana Danza, MG, animação, 2019, 06min 12s);
  • Reciclável (de Bruno Pereira, AM, ficção, 2003, 01min 20s);
  • Renascida das Águas (de Julio Quinan,GO, animação, 2019, 02min 49s);
  • Rio das memórias (de direção coletiva, PB, documentário, 2019, 14min);
  • RUI (de Amanda Domingos, Vinícius Vill e Yasmin Dolzan, SC, animação, 2019, 01min 45s);
  • Sapo Xulé (de Paulo José, SP, animação, 2020, 01min 30s);
  • Springer: A Máquina da Amizade (de todas as crianças participantes do filme, RN, ficção, 2018, 04min 19s);
  • Tinico, o porquinho (de Gilberto José Ferreira, RJ, animação, 2005, 01min 06s);
  • Trincheira (de Paulo Silver, AL, ficção, 2019, 14min 40s);
  • Última Sopa (de Graziella Nathali, AM, ficção, 2013, 03min 21s);
  • Uma menina e sua sombra (de Vanessa Heeger, BA, animação, 2019, 01min 45s);
  • Vestido de Azul (de Diany de Jesus, SP, ficção, 2018, 18min 56s).

Filmes Internacionais

  • 3pies (de Giselle Geney, animação, Colômbia, animação, 2018, 14min);
  • Basta Ser Humano (de Rui Duque, Portugal, animação, 2020, 02min 16s);
  • Cat Lake City (de Antje Heyn, Alemanha, animação, 2019, 06min 42s);
  • Cazatalentos (de José Herrera, Espanha, animação, 2018, 07min);
  • Coward Ghost (de Reyhane Kavosh, Irã, animação, 2019, 08min 53s);
  • Give it Back! (de Ruchama Ehrenhalt,, Israel, ficção, 2019, 14min 14s);
  • Humanize (de Rui Duque, Portugal, ficção, 2020, 03min);
  • I Found Out What to Do ( de Reyhane Kavosh, Irã, animação, 2019, 06min 42);
  • Ian, a moving story (de Abel Goldfarb, Argentina, animação, 20181, 09min);
  • Mi abuelo conoce a King Kong (de Miguel Sáez Plaza, Espanha, animação, 2019, 07min);
  • Migrante (de Esteban Ezequiel Dalinger & Cesar Daniel Iezzi, Argentina, animação, 2019, 05min 38s);
  • Morning (de Reyhane Kavosh, Irã, animação, 2019, 01min 23s);
  • Namaki (de Reyhane Kavosh, Irã, animação, 2019, 08min 22s);
  • Papergee and the Spider (de Dougie Irvine, Reino Unido, animação, 2019, 13min 57s)
  • Pichintún, Panchita, a circus girl (de Karen Garib Bravo, Chile, documentário, 2020, 07min 16s);
  • Rainbow Friends (de Thomas Goletz, Espanha e Alemanha, animação, 2019, 06min);
  • Saturday Apartment (de Jeon Seungbae, Coréia do Sul, animação, 2018, 07min)
  • Serok (de Zhivar Farajzadeh, Irã, documentário, 2018, 05min);
  • Sleepless (de Sil Van Der Woerd & Jorik Dozy, Mongólia e Holanda, ficção, 2019, 13min);
  • Tiempos Modernos (de Cristian Cabruja, Argentina, ficção, 2019, 03min 58s);
  • Walk beside me (de Javi Navarro, Espanha, ficção, 2019, 03min 40s).

Publicação: Willian Schütz
Contato por e-mail: redacao.willianschutz@gmail.com
Fonte: Assessoria de Imprensa Alecrim de Tudo
Imagens: Divulgação.


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE