PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

10 clássicos franceses para ler enquanto está em casa

Enquanto estamos em casa por causa da pandemia do coronavírus, não podemos viajar para Paris ou nenhuma das grandes cidades francesas.

No entanto, isso não significa que não possamos mergulhar naquela cultura e viver um pouco do que o país tem a oferecer.

Afinal, nós sempre poderemos viajar através dos livros e dos grandes clássicos da literatura. E grandes livros é algo que a França tem de sobra!

Por isso, enquanto você está em casa se protegendo do coronavírus, que tal colocar a sua leitura em dia com a nossa lista com os 10 grandes clássicos franceses que você deve ler?

Siga a leitura para saber quais são nossas sugestões!

1. Os Miseráveis

Os Miseráveis é uma das grandes obras da literatura francesa. O livro acompanha a história de Jean Valjean em 3 momentos da sua vida durante mais ou menos 1815 e 1832.

Na obra vemos como Valjean navega pela sociedade francesa em diversas posições, interagindo com diferentes personagens, enquanto traça um paralelo com a França pós-Napoleão.

2. O Pequeno Príncipe

Para quem quer uma leitura mais leve, que tal um dos grandes clássicos infantis da França? O Pequeno Príncipe, de Saint-Exupéry, é uma história semibiográfica do autor.

O livro fala sobre um aviador que queria ser pintor quando criança, mas que, por ser desmotivado pelos adultos, acabou virando piloto. No entanto, um dia, acabou encontrando um menino que veio de um asteroide e conheceu vários planetas.

Apesar de infantil, o livro é muito interessante para os adultos pela crítica à nossa vida depois de crescidos.

3. Madame Bovary

Madame Bovary é provavelmente a obra mais importante de Gustavo Flaubert. Afinal, foi o livro que fez com que ele fosse perseguido pelo governo da França!

Além disso, a história (que segue a vida da Madame Bovary e do seu casamento com o médico Charles) criou o "bovarismo", um estilo literário próprio. Tem coisa mais impactante do que essa?

4. O Estrangeiro

Albert Camus é um dos mais importantes filósofos franceses, mas também um talentoso romancista. Nesse O Estrangeiro, sua obra de ficção mais importante, ele discute o absurdo da condição humana através do seu personagem Meursault, que comete um assassinato. Durante o processo de ser julgado e preso, ele se vê arrastado pelo poder da História e da vida.

5. A Dama das Camélias

De autoria de Alexandre Dumas filho (já, já falaremos sobre o pai), A Dama das Camélias retrata uma história semi-biográfica. No romance, um jovem estudante de Direito em Paris no Século XIX se apaixona por Marguerite Gauiter, a dama mais cobiçada dos salões e teatros parisienses.

6. A Bela e a Fera

Você provavelmente já assistiu ao filme da Disney, mas já leu o clássico de Madame de Beaumont? O livro dela é uma adaptação da história publicada pela Madame de Villeneuve anos antes, mas adaptada para crianças e adolescentes.

A história é o clássico que você já conhece: um comerciante promete à filha uma rosa e acaba encontrando uma no jardim do castelo da Fera. No entanto, o perigoso monarca não gosta disso e obriga-o a passar a vida no castelo. A filha do comerciante, no entanto, se voluntaria a substituir o pai na prisão e, a partir daí, o conto de fadas acontece.

7. O Conde de Monte Cristo

Vingança, traição e aventura. O Conde de Monte Cristo é uma das principais obras de Alexandre Dumas e tem de tudo que se pode esperar.

Para quem gosta de uma história de luta e superação, com reviravoltas e uma trama impiedosa de vingança, é um clássico francês de primeira linha.

8. Os Três Mosqueteiros

Já se você quer uma história de aventura um pouco mais leve, pode curtir outro clássico de Alexandre Dumas: Os Três Mosqueteiros.

Nele, o jovem d'Artagnan vive sem riquezas em Paris, mas acaba se aproximando da guarda de elite do Rei Luis XIII. Junto dos três mosqueteiros, eles vivem grandes aventuras a serviço do rei e da rainha, enfrentando o cardeal de Richeliu, Milady e o duque de Buckingham.

9. Memórias de Uma Moça Bem-Comportada

Apesar de ser um dos grandes clássicos da literatura francesa, Memórias de uma Moça Bem-Comportada não é uma ficção, mas sim a história de Simone de Beauvoir. O livro conta toda a vida da filósofa que mudou o mundo, desde a sua infância até os primeiros anos da sua relação com Jean-Paul Sartre.

10. O Corcunda de Notre Dame

Outro grande clásico de Victor Hugo, o livro também já foi adaptado para o cinema pela Disney. Nele, acompanhamos a história da cigana Esmeralda, que dança em frente à catedral de Notre Dame, em Paris, onde vive o sineiro Quasímodo.

Depois de ler, que tal conhecer a Village du Livre?

Depois que a pandemia do coronavírus acabar, você provavelmente vai querer viajar. Então que tal juntar seus maiores desejos e conhecer a Village du Livre, como é conhecida a cidade de Montolieu, próxima de Paris?

A cidade é riquíssima em história e uma das principais do planeta em termos de preservação de livros. Milhares de turistas viajam para lá ver a comunidade que vive ao redor dos livros, produzindo capas, edições especiais e compartilhando o amor pela leitura.

A Village du Livre também oferece várias oficinas para os moradores, de modo que você possa conhecer mais de tipografia, gravura, encadernação e muito mais. No entanto, é necessário saber falar francês para aproveitar o conteúdo.

E aí, gostou das nossas dicas de hoje? Então que tal compartilhar este conteúdo com amigos nas redes sociais?


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE