Júri nacional aprova a indicação de 29 praias e 11 marinas brasileiras para a avaliação do certificado Bandeira Azul | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Júri nacional aprova a indicação de 29 praias e 11 marinas brasileiras para a avaliação do certificado Bandeira Azul

O número de locais premiados com a Bandeira Azul na temporada 2022/2023 deve aumentar consideravelmente, com destaque para Santa Catarina

Na manhã desta quarta-feira (01/06/2022), ocorreu de forma virtual, via Zoom, a Reunião do júri nacional do Programa Bandeira Azul Brasil. O encontro tinha por objetivo avaliar o cumprimento dos critérios estabelecidos pelo programa para a gestão de praias e marinas. Após avaliação, foram pré-aprovados 40 locais, sendo 29 praias e 11 marinas, que serão recomendadas para a avaliação do júri internacional. Dessa forma, o Brasil deve ampliar o número de locais certificados com a Bandeira Azul. Na última temporada, 22 praias e 6 marinas receberam o selo ecológico.

Para a temporada 2022/2023, o júri nacional recebeu a documentação de 42 candidatos, sendo 28 renovações e 14 novos candidatos. Todos os novos candidatos e mais 26 renovações foram pré-aprovados. Os classificados pelo júri nacional terão a sua candidatura encaminhada ao júri internacional Bandeira Azul, que se reúne em setembro para a escolha dos contemplados. O resultado será divulgado em outubro e a cerimônia de entrega das bandeiras acontece em novembro, no início da temporada de verão no hemisfério sul.

“O aumento significativo a cada ano do número de locais com o selo Bandeira Azul é um prêmio de sustentabilidade para o país”, afirma Leandro ‘Mané’ Ferrari, presidente da Associação Náutica Brasileira (ACATMAR). Segundo ele, as certificações são fruto de uma união da sociedade civil organizada, do setor náutico e o poder público.

Com sede em Santa Catarina, a entidade capitaneia o GT Náutico catarinense, com ótimos frutos. "Como partícipe do júri nacional da Bandeira Azul, acompanho o amadurecimento dos candidatos ano após ano e reconheço o empenho daqueles que lutam por ela. São vantagens tanto ambientais quanto financeiras, fortalecendo o turismo de qualidade às localidades agraciadas”.

Enquanto presidente da Santur - Agência de Desenvolvimento do Turismo de Santa Catarina, Ferrari criou um programa de fortalecimento do programa, com diagnósticos para cerca de quarenta pontos potenciais no estado.

Neste ano, o júri nacional do Programa Bandeira Azul foi composto por representantes do Ministério do Turismo (MTur), do Instituto Ambientes em Rede (IAR), da ACATMAR, da Agência Brasileira de Gerenciamento Costeiro, da Fundação SOS Mata Atlântica, da Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático (SOBRASA), da Associação Nacional de Órgãos Municipais de Meio Ambiente (ANAMMA) e da Associação Brasileira de Entidades Estaduais de Meio Ambiente (ABEMA). Anualmente, as entidades se reúnem para definir as praias, marinas e embarcações de turismo qualificadas ao prêmio e que serão submetidas ao júri internacional.

O principal objetivo do Programa Bandeira Azul é conscientizar a sociedade, empresários do segmento náutico e gestores públicos quanto à necessidade de proteger ambientes marinhos e costeiros, incentivando a realização de ações com foco em gestão, qualidade, proteção e educação ambiental.

Praias indicadas para a temporada 2022/2023:

Renovações:

Novas:

Marinas indicadas para a temporada 2022/2023:

Renovações:

Novas:

  • Voga Marine, Ubatuba – SP
  • Iate Clube de Santos, Angra dos Reis - RJ
  • Iate Clube de Santos, Guarujá – SP
  • Marina da Conceição, Florianópolis – SC
  • Yacht Clube da Bahia, Salvador – BA

André Seben
Jornalista
PalavraCom
www.palavracom.com.br


PUBLICIDADE

Veja também



PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE