Programação de Fevereiro de 2020 do Cineclube da Fundação Cultural Badesc | Guia Floripa
PUBLICIDADE

Programação de Fevereiro de 2020 do Cineclube da Fundação Cultural Badesc

A programação conta com duas mostras especiais e seis exibições de parceiros

O cineclube da Fundação Cultural Badesc, bem no Centro de Florianópolis, realiza sessões gratuitas de cinema, de terça a sexta-feira, às 19h. No entanto, algumas sessões especiais ocasionalmente ocorrem aos sábados, ou às 17h.

A curadoria é feita pela cineasta e produtora cultural Vanessa Sandre, que conta com o apoio de diversos parceiros: ART7 (o mais antigo parceiro do cineclube, em funcionamento desde meados da década de 1960); África no Cinema; Foco em cinema; Aliança Francesa de Florianópolis; Cine Delas [Floripa]; Psicanálise vai ao cinema e Círculo Ítalo Brasileiro (CIB). Algumas das sessões são mediadas e/ou seguidas de debates que aprofundam os temas abordados nos filmes.

Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo

Um dos destaques da programação de fevereiro no cineclube é a curadoria em parceria com o Círculo Ítalo Brasileiro (CIB) e o Foco em Cinema: a Mostra Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo. São cinco filmes distintos entre si, tanto temática quanto estilisticamente, e que apresentam a amplitude criativa do cinema italiano das últimas décadas, emergentes a partir das instabilidades político-sociais italianas. Os filmes são exibidos nos dias 04, 06, 07, 13 e 14 de fevereiro, sempre às 19h. As sessões têm mediação de Bruno Andrade (redator e editor da Revista Foco) e Silvio Saffaro (membro do CIB), ambos parceiros do cineclube da Fundação.

Mostra Desajustados do cineclube ART7

A proposta do ART7 para a programação de fevereiro é exibir longas nos quais os protagonistas sofrem deslocamentos sociais e dificuldades de sociabilidade - os "desajustados". As sessões da mostra são todas as quartas-feiras de fevereiro, às 19h.

África no Cinema

Com exibições mensais de produções cinematográficas de origem africana, juntamente seguidas de debates, o África no Cinema é uma das atividades de extensão universitária promovidas pelo Laboratório de Estudos em História da África (LEHAf/UFSC). O projeto tem o objetivo de divulgar a riqueza artística e cultural do continente africano por meio de sua cinematografia, bem como discutir  as representações da África no cinema. A parceria com a Fundação Cultural Badesc iniciou em 2013 e tem encontros mensais. Para a presente edição, o LEHAf conta com novas parcerias institucionais: a Aliança Francesa de Florianópolis e o Institut Français.  A sessão África no Cinema de fevereiro está marcada para o dia 11, às 19h, com o filme "Falando sobre árvores" (Talking about trees).

  • Programação completa do cineclube da Fundação Cultural Badesc:

Dia 04, terça-feira, às 19h
Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo:
A tragédia de um homem ridículo (La tragedia di un uomo ridicolo) de Bernardo Bertolucci. Itália (1981). 116 min. Drama/Comédia/Sátira. 14 anos.
Sinopse: O dono de uma fábrica de queijos tem o filho sequestrado por terroristas e precisa decidir se o salva, ou se recupera sua empresa que está à beira da falência.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema) e Silvio Saffaro (CIB).

Dia 05,quarta-feira, às 19h
ART7 - Desajustados:
O Segundo Rosto (Seconds) de John Frankenheimer. EUA (1966). 106 min. Ficção científica/Thriller. Sem classificação.
Sinopse: Um infeliz banqueiro de meia idade concorda com um procedimento que irá forjar sua morte e lhe dar nova aparência e identidade, à qual vem com seu próprio preço. 

Dia 06, quinta-feira, às 19h
Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo:
"Respiro" de Emanuele Crialese. Itália e França (2002). 95 min. Drama. 14 anos.
Sinopse: Vivendo em uma pequena ilha, casada e mãe de três filhos, a personalidade livre de Grazia é interpretada como instabilidade emocional pelos vizinhos.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema) e Silvio Saffaro (CIB).

Dia 07, sexta-feira, às 19h
Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo:
Ao primeiro sopro de vento (Al primo soffio di vento) de Franco Piavoli. Itália (2002). 85 min. Drama. 12 anos.
Sinopse: Após um conturbado almoço de verão em família, cada membro decide passar o tempo à sua maneira, refletindo à condição de solidão da sociedade atual.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema) e Silvio Saffaro (CIB).

Dia 11, terça-feira, às 19h
Africa no cinema:
"Falando sobre árvores" (Talking about trees) de  Suhaib Gasmelbari. França, Sudão e Chade (2019). 93 min. Documentário. Sem classificação.
Sinopse: Quatro cineastas veteranos, fundadores do ‘Sudanese Film Group’, decidem reviver o cinema antigo ao recordarem a história do cinema no Sudão.
Mediação: Alex Brandão (LEHAf-UFSC).

Dia 12, quarta-feira, às 19h
ART7 - Desajustados:
"Border" (Gräns) de Ali Abbasi. Suécia e Dinamarca (2018). 110 min. Crime/Drama/Fantasia. 16 anos. Com Eva Melander, Eero Milonoff e Jörgen Thorsson.
Sinopse: Uma funcionária da alfândega que tem a capacidade de sentir o cheiro do medo desenvolve uma atração incomum por um viajante estranho, enquanto auxilia uma investigação policial que põe em questão toda a sua existência.

Dia 13, quinta-feira, às 19h
Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo:
"Questão do coração" (Questione di cuore) de Francesca Archibugi. Itália (2009). 102 min. Comédia dramática. 14 anos.
Sinopse: A amizade entre Angelo e Alberto, dois homens muito diferentes pela origem social, cultural e estilo de vida, nasce em um quarto de hospital onde estão internados.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema) e Silvio Saffaro (CIB).

Dia 14, sexta-feira, às 19h
Mostra de Cinema Italiano Contemporâneo:
"A bela que dorme" (Bella addormentata) de Marco Bellocchio. Itália e França (2012). 115 min. Drama. 14 anos.
Sinopse: As vidas, histórias, questões políticas, religiosas e morais que cercaram o caso real de Eluana Englaro: jovem que permaneceu 17 anos em estado vegetativo.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema) e Silvio Saffaro (CIB).

Dia 18, terça-feira, às 17h
Foco em cinema:
"O Tesouro do Barba Rubra" (Moonfleet) de Fritz Lang EUA (1955). 85 min. Aventura. Classificação livre.
Sinopse: John Mohune, um menino de dez anos, é deixado pela mãe moribunda aos cuidados do mulherengo Jeremy Fox, chefe de um bando de contrabandistas. Juntos, eles saem à caça de um tesouro.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema).

Dia 18, terça-feira, às 19h
Foco em cinema:
"Um Mundo Perfeito" (A Perfect World) de Clint Eastwood. EUA (1993). 138 min. Drama (14 anos).
Sinopse: Butch, um prisioneiro fugitivo, sequestra Phillip, um menino ingênuo. Um vínculo surpreendente cresce entre os dois, mesmo com a polícia se aproximando.
Mediação: Bruno Andrade (crítico de cinema).

Dia 19, quarta-feira, às 19h
ART7 - Desajustados:
"Fúsi" de Dagur Kári. Islândia e Dinamarca (2015). 94 min. Drama. 14 anos. 
Sinopse: Fusi, um homem de 43 anos, ainda mora com a mãe. Sua vida cotidiana é caracterizada por uma rotina monótona, mas a aparição do vibrante Sjöfn e da jovem vizinha, Hera, perturbará seus velhos hábitos de solteiro.

Dia 20, quinta-feira, às 19h
Cine Aliança Francesa:
"Em Boas Mãos" (Pupille) de Jeanne Herry. França (2018). 110 min. Drama. Sem Classificação.
Sinopse: Théo é um bebê que foi abandonado ao nascer. Os serviços sociais tiveram que encontrar o lar perfeito para sua adoção.

Dia 26, quarta-feira, às 19h
ART 7 - Desajustados:
"O Salão de Jimmy" (Jimmy’s Hall) de Ken Loach. Reino Unido, Irlanda, França, Bélgica e Japão (2014). 109 min. Biografia/Drama. Sem classificação.
Sinopse: Durante a Grande Depressão, Jimmy Gralton volta para casa na Irlanda, após dez anos de exílio na América. Vendo os níveis de pobreza e opressão, desperta nele a vontade de reabrir o salão de dança que levou à sua deportação.

Dia 27, quinta-feira, às 19h
Cine Delas [Floripa]:
"Esplendor"(Hikari) de Naomi Kawase. Japão e França (2017). 101 min. Drama/Romance. 10 anos.
Sinopse: Uma apaixonada escritora de versões cinematográficas para deficientes visuais conhece um fotógrafo mais velho que está lentamente perdendo a visão.

Dia 28, sexta-feira, às 19h
Psicanálise vai ao cinema:
"O Ano Passado em Marienbad" (L'année dernière à Marienbad) de Alain Resnais. França e Itália (1961). 94 min. Drama/Mistério. Sem classificação. 
Sinopse: Em um estranho e isolado chateau, um homem se familiariza com uma mulher e insiste que eles já se conheceram antes.


Programação completa da Fundação Cultural Badesc: http://fundacaoculturalbadesc.com/

Para mais matérias sobre cinema: https://portalclg.wordpress.com/category/cinema/


Autor do texto – Willian Schütz.
Contato por e-mail: redacao.willianschutz@gmail.com
Imagens – Divulgação. Direitos reservados às produtoras dos longas ilustrados ao longo desta matéria.



PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE