Terça, 18/10 | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Terça, 18/10

Nelson-Rolim

Literalmente demais – Curador do primeiro Festival Literário Catarinense, editor Nelson Rolim comemorou o sucesso do evento e a simbiose escritores público que rolou na Pedra Branca. (Ricardinho/Divulgação)

 

 

Coral-Infanto-juvenil-Colegio-da-lagoa

Voz solidária - 2ª Mostra de Corais de Florianópolis, que acontece de sexta a domingo desta semana no Teatro Pedro Ivo, a regente Manoela Khalil e o Coral Infanto-juvenil do Colégio da Lagoa farão uma apresentação especial para as crianças do Hospital Joana de Gusmão às 9h30min desta quarta-feira. (Divulgação)

 

Livro é saber

E ler é conhecimento do mundo que nos cerca e do que nos leva a imaginações mis pelo universo da literatura. E quando se tem um evento que instiga à leitura e à navegação nas histórias e estórias contidas nos livros é importante salientar a realização do primeiro Festival Literário Internacional Catarinense que rolou na última semana na cidade da Pedra Branca. Com a presença de escritores famosos o FLIC se torna um marco para encontros literários no Sul do Brasil tal qual a reconhecida e quase centenária Feira do Livro de Porto Alegre. Com o FLIC entramos no circuito literário. Torcemos para que se transforme num evento anual... será sempre bem vinda.

 

Me de motivos

E motivos têm de sobra para patrocinadores e organizadores manterem o FLIC em edições anuais. Sucesso de pública e em vendas de livros, o festival literário também caiu no agrado dos escritores convidados. Principalmente do cantor, poeta e compositor Arnaldo Antunes que se entregou de corpo e alma conversando e tirando selfs com seus inúmeros fãs.

 

E mais

Cerca de dois mil livros foram comercializados no primeiro Festival Literário Internacional Catarinense em cinco dias que movimentaram a Pedra Branca. Mais de 800 títulos foram vendidos pela Livros&Livros, maioria de histórias infantis, cerca de 600 livros pela Insular e mais de 200 pela editora da Unisul. São números muito bem vistos também pelos escritores e editores.

 

Não só

Além do movimento nos estandes das editoras que estavam presentes no FLIC, os bares e restaurante do calçadão da Pedra Branca não têm do que reclamar. Assim como eles, os food trucks também movimentaram seus caixas. Só no restaurante Chuvisco a gerente me falou que duplicou o faturamento.

 

Raiva

Muita gente considerando um tanto quanto exagerada a campanha do Gean denunciando que no governo de Ângela foi feita uma operação para mandar matar os cachorrinhos de rua. Na verdade foi uma operação para erradicar a raiva. Mas como agora cachorro e gato também dão votos...

 

Ridícula

Pior mesmo é assistir a campanha dos candidatos a presidente dos Estados Unidos. Enquanto o mundo pega fogo, os americanos discutem se um ou o marido da outra molestou, bolinou, beijou ou mexeu com alguma mulher. Enquanto discutem o “sexo dos anjos” milhares de mulheres e crianças caem mortas nas guerras do Golfo Pérsico com bombas fabricadas pelos Estados Unidos.

 

Contra

Músico Luiz Meira conquistou mais de mil votos em sua campanha para vereador da Capital pelo PSB. Teve ajuda do amigo Edson Andrino, mas não conseguiu chegar. E mesmo com o seu partido apoiando Ângela Amin, o guitarrista da Gal vestiu a camisa do Gean. Tem gente cobrando a conta.

 

Mira

E a ex-senadora Ideli Salvatti, ainda no cargo da ONU e indicada pela dona Dilma, também entrou na mira da justiça brasileira. Está sendo investigada fora do Supremo Tribunal Federal, mas sob os olhares de Curitiba.



PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE