Terça, 16/02 | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Terça, 16/02

 

 Ze-Martinelli-e-Barbara-Casssol-guiafloripa

Férias no Rio - Os ilhéus Zé Martinelli e Bárbara Cassol, aniversariantes da semana, fazem o pit stop na cervejaria Devassa, na praia de Ipanema (Ricardinho/Divulgação)

 

Assinatura-Suda-e-Nuzman-guiafloripa 

Olímpica - Diretor comercial da Komeco, Sandro SeitiSuda, e o presidente do OCOG, Carlos Arthur Nuzman firmando acordo olímpico entre a Komeco e as Olimpíadas 2016 (Divulgação)

 

presidente-komeco-guiafloripa

 

Presidente Denisson Moura de Freitas assina documento que dá selo a empresa de Palhoça como única fornecedora do Sul do Brasil nas Olimpíadas do Rio de Janeiro (Divulgação)

 

Komeco olímpica

A catarinense Komeco será a fornecedora oficial das Olimpíadasdo Rio de Janeiro em equipamentos de ar-condicionado e aquecedores de água. O presidente Denisson Moura de Freitas recebeu o documento na sede da empresa, em Palhoça, na última sexta-feira e encaminhou a assinatura ao Comitê Organizador dos Jogos Rio 2016 formalizando a negociação. A parceria já havia sido firmada simbolicamente em janeiro entre o diretor Sandro SeitiSuda e o presidente do OCOG, Carlos Arthur Nuzman.Além de conquistar o selo, a Komecoserá a única empresa do sul como fornecedora oficial do evento com mais de 20 mil condicionadores de ar e aquecedores de água a gás que serão usados por mais de 10 mil atletasna Vila Olímpica.

 

Rio 2016

Os cariocas e seus milhares de turistas que ainda estão curtindo o Rio 40 graus, respiram o ar olímpico. Foi no Sambódromo, é nas praias, é no Cristo é no Pão de Açúcar... tudo é olimpíada. E as obras estão dia a dia melhorando a vida da cidade. Se o Rio já era lindo, agora está maravilhoso.

 

Aquele abraço

Em quatro dias de idas e vindas pelas ruas, avenidas, sambódromo, metrôs, praias e bares das noites cariocas, vi nada de encrencas, brigas ou arrastões. A cidade amanhece limpa e o Rio continua lindo... Quente mesmo só na areia da praia.

 

Termômetro

Os taxistas, todos sabem, são termômetros da classe política e do dia a dia da cidade. Mas não falem do governador Pezão... Eles dão pulo. Dizem que receberam um pezão naquele lugar com a chegada dos taxis privados.

 

Taxi driver

Em comparação com Floripa tá bem mais barato uma corrida de táxi pelas ruas cariocas. A bandeira inicial lá é R$ 5,20, enquanto por aqui já larga nos 7 paus. Do aeroporto Santos Dumont à Ipanema dá 40 pilas. Do internacional (sic) Hercílio Luz aos bairros da bacia do Itacorubidá quase 50 paus.

 

Na chuva

Passageiros deram risadas na chegada do voo da Azul na última segunda-feira, vindo de Campinas, no estacionamento do Hercílio Luz. Também pudera, na ausência dos “fingers”, os aeroviários erraram o alvo ao acoplar a escada à porta da aeronave. Dia de chuva então, só de sombrinha!!! Vergonha!

 

Internacional?

Quem sai do verdadeiramente internacional aeroporto de Campinas fica mesmo boquiaberto com as precárias condições do Hercílio Luz. Desde as ótimas instalações para passageiros em trânsito com ótimos cafés, como o número de guichês e sanitários até a praça de alimentação com diversas opções de restaurantes, tudo faz lembrar o terminal da Ilha... ao contrário, of course!

 

Cristo rei

Minha neta Aroha, com apenas nove anos de idade, nunca tinha ido ao Rio de Janeiro... queria conhecer o calçadão de Copacabana. Que bonitinha! Adorou o Cristo Redentor, como o avô, bobão, que aos 59 anos, pela primeira vez subiu no Corcovado... que espetáculo!

 

Lá e cá

O Rio visto de cima lembra Floripa: morros, lagoa, praias, aterros e o centro antigo. De baixo idem: malandragens, gírias, gingas, futebol, samba, surfe, suor e cerveja.

 

Tudo azul

Voar pela companhia Azul lembra os bons tempos da Transbrasil: atendimento, cordialidade, simpatia e bons lanches. Além de sua revista de bordo Azul com ótimas reportagens e dos voos rasantes panorâmicos na saída do Rio de Janeiro, fevereiro e março. É tudo azul!


PUBLICIDADE

Veja também



PUBLICIDADE

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE