Sexta, sábado e domingo, 05/08 a 07/08 | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Sexta, sábado e domingo, 05/08 a 07/08

danisantos-e-pkb-emporium

Empórium Jazz – E comidinhas aos comensais da Pekalândia e do clube dos Gourmets já que hoje quem assume o  fogão do Empórium Bocaiúva é o querido PKB com sua chef imediata Dani Santos. (Divulgação)

 

BarbaraFontenelle-belladasemana

Walmor de Oliveira continua mexendo com nossos pensamentos fotografando essas belas da semana como a modelo angelical Bárbara Fontenelle que se encontra pedalando na orla de Balneário Camboriú. (Walmor de Oliveira/ Divulgação)

 

Salvem a “canarinho”

Já falei e vou repetir: enquanto o futebol estiver nas mãos desse grupo de corruptos nossas seleções não vão dar título ao Brasil. É triste, mas é a verdade. E os veículos de comunicação parecem estar mancomunados com o comando da CBF ainda nas mãos dos descendentes de Ricardo Teixeira “podre”. É preciso cortar a cabeça dessa quadrilha que se apossou do futebol nacional e internacional, ambas envoltas em denúncias e seus líderes (sic) indiciados na justiça daqui, dos Estados Unidos e da Suíça. Ou retiramos essa corja de corruptos, ou não mudaremos o básico que entra nos gramados vestindo a nossa querida, mas ultimamente, sofrida camisa “canarinho”.

 

Dependência geral

Nossa seleção, fraquinha, levou azar na primeira partida contra a África do Sul com duas bolas batendo na trave e com um 2 x 0 para o goleiro africano... Um gato! Mas as seleções da Alemanha, de Portugal, do México, da Colômbia, da Suécia e da Argélia deram um banho de futebol aéreo, jogadas de gol e articuladas entre o meio de campo e o ataque. Não vimos isso no Brasil. Continuamos dependendo do Neymar.

 

Falando nele

Também já disse... Neymar não tem perfil de líder dentro do campo. Nem dentro, nem fora. Já demonstrou isso, mas a dependência da seleção é tão grande de que lhe dão a braçadeira de Capitão. Neymar é um craque bom vivant e muito esquentadinho no gramado. É peça fácil para os adversários... é só irritar o magrelo!

 

Permanente

Enquanto a tivermos uma seleção de milionários no gramado nossa equipe será mais marrenta e usará menos suor para vesti-la e defendê-la. A seleção olímpica deve ser de jogadores que atuam no Brasil e montada permanentemente fazendo amistosos e buscando formar um núcleo compacto. Em jogos oficiais, aí sim, busca-se dois ou três craques para compor o grupo.

 

Atenção

Difícil o Brasil não sair classificado nesse primeiro grupo. Mas olhem bem esse jogo de domingo contra o Iraque. A seleção iraquiana empatou com os fortes jogadores da Dinamarca. Demostraram força, raça e preparo físico... Estão acostumados a correr no deserto sem água ôoo. Ou ganhamos deles ou vamos para a repescagem, um tanto quanto vergonhoso.

 

Verde&amarela

Podem ir se acostumando com a torcida “canarinho” berrando, vibrando e comemorando vitórias. Mas não no futebol, se é que me entendes! Nossa alegria maior virá da ginástica e dos esportes coletivos como o vôlei, o basquete, o handebol e até da natação. Quiçá do remo, onde entra a escolinha catarinense.

 

Largada

Ex-vereador com mais de cinco legislaturas, ex-prefeito e ex-deputado estadual, Aloízio Acácio Piazza colocou seu nome em convenção do seu velho PMDB aprovado por maioria para tentar mais uma vez uma cadeira na Câmara Municipal. Todos falam em mudança e que precisamos de juventude no parlamento, mas muitos vieram e não honraram o trabalho. Experiente, Piazza é um bom nome... E eleito, pode até presidir o nosso vergonhoso parlamento municipal.

 

Cadê Wally

E todos se perguntam onde que anda o ex-prefeito e ex-deputado Edson Andrino. Não apareceu ao lado de ninguém na convenção do PMDB que escolheu Gean Loureiro como candidato a prefeito. Afinal poderia ser ao menos um consultor. O que se sabe é que está apoiando o candidato a vereador Luiz Meira, do PSB. Estaria de malas prontas?

 

Feijoada dos Chefs

Com a mostra fotográfica Fé Latina, do Beto Ambrósio, a Feijoada dos Chefs rola hoje no Campeche e promete reunir muita gente jovem, alegre e bonita preparada pelos chefs do El Paisano e Tainá Peres. O local, na praia do Campeche, é próprio para a arte, a gastronomia e para música como o grupo D'Enlouquecer, roda de samba com Pedro Furtado, Consciência Global, Reggae Damassa e Pop Rock.


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE