Segunda, 28/11 | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segunda, 28/11

juarez-machado

Arteiros - Comemorações de dois anos do Instituto Internacional Juarez Machado na abertura da exposição com seus amigos artistas de Curitiba prestigiando o evento na cidade de Joinville no sábado pela manhã antes de Juarez (C) embarcar para Paris, onde reside. (Edson Machado/Divulgação)

 

Descriminalize já

Esta semana o Tribunal Superior de Justiça garantiu a uma mãe o plantio de um pé de maconha no seu apartamento para fins medicinais. Fato inédito, já que a utilização do canabidiol inibe os ataques epiléticos de sua filha. A garantia do uso foi assegurada através de habeas corpus para que um policial desavisado promova o corte do arbusto ou o casal seja preso em decorrência da lei que não descriminaliza o porte ou o uso da maconha. Nos Estados Unidos alguns estados já liberaram o uso do canabidiol como remédio. No Brasil tem fórmulas homeopáticas que contém a canabis sativa. Ora, chega as raias do absurdo impedir o uso de uma erva para curar doenças já que a maioria dos remédios são drogas ou venenos e antídotos para a melhoria dos pacientes.

 

Vendo longe

Nos anos 70 o médico ilhéu Décio Madeira Neves receitou um baseado para acalmar uma moça grávida prestes a ter o neném dentro de um táxi na pracinha do Kioski. Foi um reboliço na área médica e policial. Hoje o mundo fala e usa a maconha para fins medicinais. Oculista, Décio já enxergava alto e bem longe pro seu tempo.

 

Bagana

De um conhecido manezinho sabendo do fato do plantio de um pé de maconha para uso medicinal foi logo perguntando: e o que resta do pé pode fumar? Vai-te embora ôoo maconheiro!

 

Ribeirô geral

Berto e Sara Fermiano fizeram uma parceria com uma chef de cozinha de primeira e abriram ao público um bar com petiscos e frutos do mar na Ponta da Caiacanga, no Ribeirão da Ilha. Sábado último foi uma “coisarada” daquelas que rolou ao som do maestro Reginaldo e Luiz Meira na caixa com uma galera de peso na percussão.

 

Turma de 66

Associação Catarinense de Engenheiros lançou um livro histórico em homenagem aos 50 anos de graduação da primeira turma de Engenharia Mecânica, curso pioneiro entre as engenharias no Estado. Uma história registrada na obra de Mário Xavier, da  Redactor Comunicação. Direção de arte, capa e projeto gráfico são do designer Alexandre Oliveira, sócio de Leonita Fernandes na Infinitta Leitura – Editora Personnalité.

 

Viés

Repercutindo negativamente projeto do deputado federal Esperidião Amin impondo limites para processar políticos. Nas redes sociais as críticas se multiplicam. E o parlamentar catarinense foi eleito o deputado mais atuante da Câmara federal.

 

Jazz maracatu

A Joinville Jazz Big Band completa cinco anos comemorando com várias apresentações pelo estado. Com um repertório autoral que fará parte do primeiro CD do grupo e clássicos do jazz, sobem no palco do TAC, nesta terça-feira, às 19 e 30, com  participação dos músicos Alegre Corrêa, Gledison Zabote e Gabriel Vieira e apresentação especial da cantora e compositora Lily Blumerants mais 17 instrumentistas misturando jazz e maracatu.


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE