Segunda, 22/08 | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Segunda, 22/08

paula-leao-e-mayte-tigre-foto-rubens-flores

Tatuadas - Pedagoga lageana Maytê Tigre (D), venceu o concurso Miss Tattoo Floripa 2016 recebendo a faixa, a coroa e o cetro da jornalista Paula Leão. (Rubens Flores/Divulgação)

 

Cultura do abandono

Colunista do ND, Néri Pedroso, cita que a classe artística da Capital precisa criar a “calçada dos sem noção”, para colocar na mira os dirigentes culturais da Ilha. Realmente nunca estivemos numa situação tão crítica na área cultural. Ninguém se entende, ninguém aparece, ninguém se responsabiliza. Nosso carro chefe do calendário cultural, o Festival de Teatro Isnard Azevedo, pela primeira vez não acontecerá deixando uma lacuna na política das artes em Floripa. O que dá um alento é a eleição de prefeito que se aproxima e a possibilidade de acompanhar e cobrar dos candidatos qual o rumo que a cultura terá a partir de 2017.

 

No bico

Senadora Kátia Abreu, que surgiu na política pelas mãos do ex-governador Jorge Bornhausen, é a única da Câmara Alta do PMDB que continua apoiando dona Dilma. O povo quer saber quem vai chamar a parlamentar no bico, como dizia o ex-vereador Pedro Medeiros.

 

Bala perdida

Acabou a Olimpíada e o Rio de Janeiro volta a realidade. Entra agora a modalidade de tiro ao alvo.

 

É ouro... e lindo

Tirando as piadas, o Rio de Janeiro continua lindo e fazendo jus ao título de “Cidade Maravilhosa”. As imagens de seus pontos turísticos tradicionais abençoados pela do Cristo Redentor maravilhou o Brasil e o mundo. E o espírito olímpico com certeza virou uma página de nossa história com o inédito 13º lugar no ranking das medalhas.

 

Junta a sobra

Os técnicos já foram embora. Agora precisam ir muitos do plantel. E o que sobrar junta Avaí e Figueirense pra ver se saem do buraco... ou da zona que se encontram os dois times da Capital.

 

Samba com vara

Dona Lourdes, a eterna baiana do carnaval da Ilha, amanheceu sambando e cheia de alegria e encantada com a cerimônia de encerramento das Olimpíadas do Rio de Janeiro. Se os carnavalescos Brasil afora dançaram junto com o espetáculo, deu pra ver também a alegria dos atletas estrangeiros com o carnaval antigo em pleno Maracanã. E o mundo deve ter se encantado a junção do esporte com o samba. Isso é Brasil!

 

Orla carioca

Os casais Tero Cavallazzi e Maristela Amorim e Celso e Mônica Costa também curtiram a semana que antecedeu o encerramento das Olimpíadas. Todos maravilhados com a orla do Centro antigo do Rio de Janeiro. Museus, bares e restaurante... Coisa pra curtir mesmo fora das Olimpíadas.

 

Black power

Incrível, mas foi o corredor Usain Bolt aparecer no camarote do Maracanã e muito se perguntaram se não era o Black Isalto. Desportistas os dois black são... Usain e Isalto.

 

100% distribuído

O Comitê Olímpico Internacional não gostou nadinha da bandana que o Neymar carregou na cabeça com os dizeres “100% Jesus”. A regra do COI é clara: nada de sinais políticos, religiosos ou comerciais. Quem sabe o Neymar agora distribua 100% os R$500 mil que vão ganhar da CBF.


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE