Quarta e quinta, 20 e 21/04 | Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Quarta e quinta, 20 e 21/04

joao-machado-guiafloripa

Na abertura da exposição de João Machado, no instituto que leva o nome de seu pai Juarez Machado, a presença de Roberto Razzini (E), Rita Razzini, Zezeca Pereira e do chique-bacana Edson Machado. (Divulgação)

 

Choro e guacamole

Hoje a noite, no Gambazeira, o professor Platts vai fazer uma comida a base de guacamole. Para o Feijão, gozador de plantão de Santo Antônio, vai ser mesmo uma “guascamole”. Na verdade, sempre que tem um evento no calçadão da rua principal do Centrinho, a comunidade de Sambaqui e Santantônio reivindica que seja fechada para carro. Que assim seja neste sábado, 23 de abril, quando aporta no local o maestro Wagner Segura e banda para comemorar o Dia Nacional do Choro, uma homenagem a Pixinguinha.

 

Aliás

O Sarau Açoriano promovido pela Casa dos Açores de Santa Catarina e pela Casa de Cultura Clara Manso Avelar no Calçadão de Santo Antônio, foi muito legal. Músicas tradicionais, tocatas e contadores de histórias deram show no espaço externo do casarão onde se pretende uma concha acústica móvel.

 

Sem freio

O senador não vai poder atrasar o rito do processo de impeachment. É atrasar lá e o Brasil voltar às ruas.

 

Jamp

Dona Dilma continua a bater na tecla de golpe. Golpe mesmo (ou jamp) quem deu foi seu governo e seu partido ao usar dinheiro sujo do Petrolão em sua campanha eleitoral.

 

Do bem e do mau

Moradores de rua invadiram o prédio público onde funcionou o Sacolão, no aterro da baía Sul. É de propriedade da União. Os camelôs e feirantes que ali trabalhavam, pagavam impostos e cuidavam do imóvel, foram expulsos sem dó nem piedade. Nos sem teto ninguém bota a mão.

No inferno

Ex-presidente Fernando Collor diz que até tentou ajudar dando dicas pra dona Dilma. Tá bom de conselheiro, a presidente. Aliás, de bons conselhos o inferno tá cheio.

 

Bye, bye

Jornal americano Washington Post mancheteou assim a crise brasileira: “Bye, bye darley”. O tratamento popular pegou também Brasil afora: Adeus querida. Entre os manezinhos poderia ser: “Tchau, nega”.

 

Terremotos

Dona Dilma quer usar o palanque da ONU nesta sexta-feira para denunciar (sic) a oposição ao seu (des) governo. O tema do encontro é a mudança climática. Sabem todos que o clima é mesmo de mudanças no Brasil: chuvas e trovoadas. Quiçá, um tsunami!

 

De mão beijada

O deputado federal pelo Rio de Janeiro, Jair Balssonaro, tem três filhos com mandatos. Um também é deputado federal por São Paulo, outro deputado estadual pelo Rio de Janeiro e mais um que é vereador carioca. E tem gente que reclama do João do Amin e do Césinha do César Souza.

 

 


PUBLICIDADE

Veja também

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE