PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Carnes Nobres e Exóticas

O Brasil vem abrindo cada vez mais espaço para uma culinária diversificada de carnes nobres e exóticas. Floripa, de frutos do mar é abençoada, e como capital do turismo e com fama de cidade sofisticada também investe em pratos diferentes para pessoas de todos os tipos e gostos. Fazem parte desse cardápio rã, coelho, avestruz, jacaré, javali, cabrito. Além de cortes nobres dos já conhecidos bovinos e suínos, como T-Bone, Carpaccio (carne crua bem fina, fatiada e servida com alcaparras e queijo parmesão), Carré e Entrecôte, todos bem servidos em locais de requinte e sofisticação. Os famosos cortes hermanos Bife de Chorizo e de Ancho também estão presentes trazendo o sabor da famosa parrilla até os paladares ilhéus.

Para quem gosta de carnes nobres e exóticas, Florianópolis apresenta boa estrutura. Opções como o T-bone, retirado do centro do filé mignon e final do contra-filé; o Carpaccio, carne crua bem fina, fatiada e servida com alcaparras e queijo parmesão; além das exóticas como as de javali, cordeiro, cabrito, coelho entre outras podem ser encontradas em Floripa.

Curiosidade: Para aqueles que acham as carnes exóticas uma fonte a mais de gordura em suas refeições, não te engana, istepô!. A carne da avestruz, por exemplo, é bastante saborosa, possui pouca gordura e contém mais ferro que a do boi. A carne do jacaré apresenta 0% de colesterol, além de ser rica em proteína. A do javali é apontada como sendo 5 vezes menos magra que a carne do porco.

Harmonização: No geral, carnes nobres pedem acompanhamento de um bom vinho tinto. Devido ao clima acalorado, o ideal é que este vinho seja leve, jovem, servido de maneira refrescante, para que não dificulte a digestão. Um Pinot Noir leve, de baixa acidez, é uma boa pedida para pratos como javali e avestruz. A companhia da cerveja também é aceitável, sendo ela Ale, dos tipos Porter ou Pale. Para carnes claras, vinhos brancos e cervejas Pilsens são mais ideais, pela harmonização entre alimentos e bebidas leves. Para o momento da digestão destas carnes, a cachaça também pode entrar no cardápio, servida como tira-gosto ou aperitivo. Vale a dica também que o espumante do tipo Brut é sempre um curinga.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE