Itacorubi | Bairro de Florianópolis | Portal Guia Floripa
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Itacorubi

Itacorubi - Bairro de Florianópolis

Região: Região Central da Ilha
Bairros próximos: Santa Mônica (1,5 km) | Córrego Grande (2,5 km) | Lagoa da Conceição (4,5 km) | João Paulo (3,3 km)
Praias próximas: Praia da Lagoa da Conceição (6 km leste) | Praia Mole (9 km leste) | Praia da Joaquina (10 km leste) | Praia de Cacupé (9 km norte) | Santo Antônio de Lisboa (12 km norte) | Praia do Campeche (16 km sul)
Distâncias: Centro e Rodoviária 10 km | Aeroporto 18 km
Encontre também: passeio ecológico, universidade

Itacorubi - Mapa de Localização

O bairro Itacorubi localiza-se na região central da Ilha de Santa Catarina, ao longo do principal caminho que leva do Centro de Florianópolis para a Lagoa da Conceição e as praias do leste. Possui boa infraestrutura, uma vez que vários órgãos do poder público do Estado, em sua maioria ligados aos setores agropecuário, indústria e de energia, estão concentrados no bairro, além de um campus da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc).

Destacam-se, entre as instâncias responsáveis pela gestão agropecuária, a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri), a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc), a Secretaria de Estado da Agricultura e Desenvolvimento Rural (Seagri), a Associação Catarinense de Criadores de Bovinos (ACCB) e o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia de Santa Catarina (Crea-SC).

Bairro Itacorubi

Já entre as repartições relacionadas à indústria estão o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Estado de Santa Catarina (Senai) e a Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (Fiesc). Também podemos encontrar o Instituto Geral de Perícias (IGP), o Centro de Informática e Automação do Estado de Santa Catarina (Ciasc) e as Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

Além da presença dos servidores públicos que ali trabalham, o Itacorubi se caracteriza pela intensa circulação de universitários. Isso porque se situam no bairro o principal campus da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), o Centro de Ciências Agrárias (CCA) da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc), as Faculdades Assesc e a Unica.

Outra característica importante do Itacorubi é abrigar dois dos principais hospitais especializados de Florianópolis. De um lado, as margens da Rodovia SC-404 está o Centro de Pesquisas Oncológicas (Cepon), referência na prevenção e no tratamento de pacientes com câncer. Do outro lado, às margens da Rodovia SC-401, está o SOS Cárdio, especializado no diagnóstico e tratamento de doenças do coração.

Nesta mesma região está outro centro de excelência e referência mundial no fomento à tecnologia. O Parque Tecnológico Alfa, por meio do Centro para Laboração de Tecnologias Inovadoras (Celta), abriga as várias empresas de ponta no desenvolvimento de software e hardware. No prédio principal, funciona a  incubadora de empresas do estado e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação no Estado de Santa Catarina (Fapesc). Os diversos prédios do complexo abrigam dezenas de empresas com base tecnológica, além de uma unidade do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Bairro Itacorubi - Incubadora de Empresas

Tamanho conjunto de órgãos e empresas pode fazer qualquer um imaginar o bairro como um lugar cinza, completamente urbanizado. Contudo, a maior parte dele é composta pelo Manguezal do Itacorubi, considerado o maior mangue situado em perímetro urbano do mundo. Além das belezas naturais, este importante ecossistema é chamado de berçário do mar, pois é nele que as espécies marinhas procuram abrigo para a procriação.

Jardim Botânico de Florianópolis - Itacorubi
Jardim Botânico de Florianópolis

A partir de 2016 o Itacorubi passou a abrigar também o Parque Jardim Botânico de Florianópolis, em uma área de 19 hectares, junto à margem da SC-404. Um espaço ecológico para passeio e lazer da comunidade, com lago, trilha, horta comunitária e plantas nativas e exóticas.

Nessa região do bairro também está localizado o Cemitério Municipal São Francisco de Assis, mais conhecido como Cemitério do Itacorubi ou, pelos mais antigos, como Cemitério das Três Pontes.

História

A origem do termo “Itacorubi” é controversa. Uns acreditam que Itacorubi é a versão aportuguesada de "itakuru-í", nome de um pássaro que habitava a região e de um grupo indígena que ali vivia. Outros defendem que ela veio de “ita-kurubi”, que significa "pedregulho" e faria referência à nascente do rio que corta a região, cheia de pedras e rochas. Há ainda os que associam “itacorubi” a “itacolomy”, cujo significado, em tupi, é “menino de pedra”.



Em meados do século XVIII, a chegada de imigrantes açorianos e madeirenses alterou significativamente o modo como a Ilha de Santa Catarina era ocupada. Os novos habitantes se fixaram principalmente à beira-mar, mas alguns seguiram em direção ao interior do território e deram origem a pequenos povoados que, mais tarde, se tornariam alguns dos bairros de Florianópolis. Um desses povoados, naturalmente, era o do Itacorubi.

Ao longo dos dois séculos seguintes, a região assumiu características predominantemente rurais: as grandes chácaras produziam uma enorme variedade de frutas, verduras e legumes, havia pastos destinados à criação de gado leiteiro e a pesca complementava a alimentação das famílias. No Morro do Quilombo, despontaram as plantações de café e a produção de carvão mineral.

Essa paisagem bucólica influenciava no modo de vida dos moradores do Itacorubi. Eram comuns as corridas a cavalo, as rinhas de galo, as caçadas e a farra do boi. O futebol também era uma prática recorrente, sendo que os principais times da região eram o Paula Ramos Jr., o Palmeiras e o Ferroviária. As sedes do Paula Ramos e do Ferroviária, aliás, eram utilizadas para a realização dos maiores bailes da região.

No entanto, essa dinâmica passou a se alterar a partir da década 1920, quando o Cemitério Municipal foi transferido da região central - onde seria construída a cabeceira insular da Ponte Hercílio Luz - para o então bairro das Três Pontes. A inauguração ocorreu em 1925 e para ele foram transferidas mais de 30 mil sepulturas pertencentes aos cidadãos comuns e de membros das irmandades religiosas, confrarias e do cemitério da comunidade alemã.

Bairro Itacorubi - SC 404
Bairro Itacorubi - SC 404

Tempos depois, na década de 1960, Glauco Olinger, então assessor de agricultura do Plano de Metas do Governo, idealizou a concentração de todos os órgãos públicos ligados à gestão da agropecuária de Santa Catarina em um só lugar. O Itacorubi acabou sendo escolhido para esse empreendimento por se tratar de uma área muito próxima ao centro de Florianópolis e ainda possuir áreas públicas livres.

Posteriormente, outros órgãos públicos se mudaram para o bairro, fazendo com que prédios, loteamentos e novas casas fossem construídos para acomodar os servidores dessas repartições. Eventualmente, a SC-404 foi pavimentada, facilitando o acesso ao leste da Ilha. Todos esses empreendimentos deram origem a um novo Itacorubi, menos rural e mais moderno.

Bairro Itacorubi - Mapa de Localização Google Earth
Localização do Bairro Itacorubi
Conheça mais Bairros da Região Central de Florianópolis
Bairros da Região Central de Florianópolis
Bairros da Região Central de Florianópolis
  1. Agronômica
  2. Centro
  3. Córrego Grande
  4. Itacorubi
  5. João Paulo
  6. José Mendes
  7. Monte Verde
  8. Pantanal
  9. Saco dos Limões
  10. Saco Grande
  11. Santa Mônica
  12. Trindade
  13. Carvoeira
Veja bairros de outras regiões de Florianópolis:


PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE