PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Praia do Matadeiro

Não há carros, ônibus, hotéis, cambistas nem barulho de cidade na Praia do Matadeiro. Não há nada além de banhistas, comunidades pesqueiras, surfistas, famílias, restaurantes à beira-mar e natureza, muita natureza.

Praia do Matadeiro

A Praia do Matadeiro é destino de quem gosta de apreciar praias da forma como elas nasceram, apenas água, areia e árvores. Este recanto natural recebe turistas que procuram sossego e alguns poucos moradores, cujo estilo de vida não passa perto de barulho excessivo ou poluição.



As águas são limpas e cristalinas, mas com ondas bravias e forte repuxo, o que demanda atenção de banhistas. Alguns bares e restaurantes oferecem bebidas e comidas com ótimos preços (comparando com as praias do Norte da Ilha) a turistas que ficam o dia inteiro na praia, além de mesas com guarda-sol e até espreguiçadeiras. Se você está pensando em ficar lá por muito tempo, leve tudo que precisar, pois não há nenhum outro tipo de comércio além dos restaurantes.

Primeira prainha da Praia do Matadeiro

A partir do Matadeiro, há uma trilha que leva até a Praia da Lagoinha do Leste, um dos destinos de Florianópolis que sofreram menor intervenção humana.



Características Naturais da Praia Matadeiro

A Praia Matadeiro está localizado entre as praias da Armação e da Lagoinha do Leste. O acesso é feito atravessando o rio Quinca Antônio (também conhecido como rio Sangradouro), que começa na Lagoa do Peri e desemboca no costão do Matadeiro. A quantidade de águas deste rio está relacionada ao nível da Lagoa do Peri e das marés. Alguns dias, é mais fácil atravessa-lo e chegar ao Matadeiro, mas também há períodos em que a travessia deve ser mais cuidadosa.

Encontro do Rio Sangradouro com o mar, entre a Praia da Armação e a Praia do Matadeiro

Por conta do acesso restrito, a mata local está bem preservada. A areia é fina e branca. As águas são limpas, com salinidade alta e bastante claras, sendo possível praticar mergulho livre. Normalmente, tendem a ser bastante frias.



As ondas são muito fortes, em alguns pontos o repuxo é violento, causando situações de arrastamento. Pode entrar a ondulação leste e o vento sul, que deixam as ondas próprias para a prática do surfe.

O limite sul da Praia do Matadeiro é feito pela Ponta do Quebra Remo e, ao norte, o canal sangradouro da Lagoa do Peri faz o limite. Tem cerca de 640 metros de extensão. A faixa de areia varia entre 30 e 60 metros.

História da Praia Matadeiro

Originalmente, em 1785, o local era conhecido como Saco do Matadouro, pois era nesta praia que se fazia o abate de baleias para uso do óleo, além do aproveitamento de carne, gordura e barbatanas. A baleação era a principal atividade econômica desta parte da ilha. O atual nome, Matadeiro, é uma má-utilização do termo matadouro – que faz referência à atividade praticada nesta praia.

Com o declínio da caça às baleias, em meados do século XIX, por conta do desaparecimento de baleias do litoral de Santa Catarina, a praia deixou de ser utilizada para fins econômicos. Alguns pescadores ainda fizeram uso da praia como acesso aos costões em que a pesca da garoupa é propícia.

Atualmente, a praia conta com poucas casas de veraneio ou de residência permanente e alguns bares.

Armação do Pântano do Sul

Pousada Santa Ana

Pousada Santa Ana

Consulte nossas promoções de baixa temporada. Reconhecida pelo bom serviço e aconchego que oferece a seus visitantes. Situada na região central da praia da Armação, está a 200 metros da areia. Quartos bem iluminados, com muita luz natural. Ar-condicionado. Estacionamento gratuito e monitorado. Banheiro privado e televisão de 14". Apenas 11,3 km do Aeroporto Internacional Hercilio Luz. Servimos um delicioso café a manhã.

  • Rua Antônio Borges dos Santos, 372 - Praia da Armação
  • Florianópolis
  • (48) 3237-5572 / WhatsApp 48 99828 5902
  • reservassantaana@gmail.com

PUBLICIDADE


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE