PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Museu da Escola Catarinense

O Museu da Escola Catarinense iniciou suas atividades em 16 novembro de 1992, mas o prédio é muito mais antigo e foi originalmente construído, em 1924, para abrigar a Escola Normal Catarinense, existente desde 1892. A Escola Normal foi um dos quatro primeiros estabelecimentos de ensino profissionalizante de Florianópolis, juntamente com o Liceu de Artes e Ofícios e os colégios Catarinense e Coração de Jesus. O estabelecimento atendia principalmente alunos de grupos sociais com menor poder aquisitivo. A partir de 1964, a edificação passou a abrigar a Faculdade de Educação - FAED, ligada à então Universidade para o Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina – UDESC (hoje Universidade do Estado de Santa Catarina), com o curso de Pedagogia. Posteriormente chamada de Centro de Ciências da Educação, a FAED passou a oferecer também os cursos de Biblioteconomia, Geografia e História. Em 2007, o Centro foi transferido para o Campus I da UDESC, no Itacorubi, e o prédio tornou-se sede do Museu da Escola Catarinense. O espaço do Museu é amplo e contempla um centro cultural que pode abrigar exposições de artes plásticas e de outras naturezas, cursos, apresentações cênicas e musicais, bem como eventos culturais de forma ampla, além de abrigar ambientes e objetos de grande relevância à história de Santa Catarina. Dentre os principais itens do acervo estão a reprodução de salas de aula do período entre 1932 e 1954, a coleção "Brinquedos da minha infância" de Aldo Nunes, mobiliário pertencente a Professora Antonieta de Barros e painéis de madeira pertencentes a antiga Academia de Comércio. Recentemente, em outubro de 2013, o prédio passou por algumas reformas e foi sede de uma edição de Mostra Casa Nova, voltada ao segmento de arquitetura de interiores e decoração.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE