PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Na Madrugada – Paulinho da Viola

Reverência e celebração. Em Na Madrugada, Paulinho da Viola dedica ao pai e violonista César Faria, que completaria 100 anos em 2019; e ao parceiro e amigo Elton Medeiros, morto no dia 4 último. Ele aproveita também para comemorar os 50 anos de lançamento de dois clássicos de sua obra, os sambas Sinal fechado e Foi um rio que passou em minha vida.

Com esta apresentação em Florianópolis, o cantor e compositor carioca, um dos ícones da música popular brasileira, dá sequência à turnê iniciada há um ano na casa de espetáculos Vivo Rio, no Museu de Arte Moderna, no Rio de Janeiro. Ele tem a companhia da banda formada por João Rabello (violão), Dininho Silva (baixo), Adriano Souza (piano), Mário Sève (sopros), Ricardo Costa (bateria), Celsinho Silva, Esguleba e Hércules Nunes (percussão). Ha, ainda, a participação da cantora Beatriz Rabello, filha de Paulinho.

No roteiro do show, embora tenham sido incluídas músicas menos conhecidas, entre as quais O tímido e a manequim, Ruas que sonhei e Vela no breu;  predominam sambas consagrados da obra de Paulinho, como Coração leviano, Dança da solidão, Eu canto samba, Onde a dor não tem razão, Recomeçar, Timoneiro, além, é claro, as citadas Sinal fechado e o hino portelense Foi um rio que passou em minha vida.

Inicio: 29/11/2019 21:00

Fim: 29/11/2019 23:00

Ingressos: PLATEIA SETOR OURO - LOTE I inteira: R$ 190 e meia-entrada: R$ 95; SETOR PRATA - LOTE I inteira: R$ 170 e meia-entrada: R$ 85; MEZANINO SETOR I - LOTE I inteira: R$ 190 e meia-entrada: R$ 95; MEZANINO SETOR II - LOTE I inteira: R$ 140 e meia-entrada: R$ 70.

Site oficial de vendas: www.ingressonacional.com.br/evento/14868/show-paulinho-da-viola



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE