PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Gloire Ilonde, JP e a Pedra, Ipomea Urutau – Casa de Noca

Gloire Ilonde, originário da República Democrática do Congo está gravando seu primeiro Álbum que conseguiu o financiamento através da Benfeitoria financiamento coletivo. Ilonde, diz que para sua música não existe apenas uma definição, um ritmo, um estilo, ela pode ser Rumba rumba congolesa, pode ser hip hop, reggae, blues, rock, pode ser samba, salsa. Prefere definir sua música como um som universal. A maior parte do seu repertório é constituído por composições próprias mas também terá outras canções popular Congolesa com arranjos do seu amigo Pianista Cubano. Já JP e a Pedra é um  trio explorador de sonoridades. Corta e costura grooves tropicais. No repertório Céu, Curumim, Caetano, Amy, Elis, Tim, Rita... latinidades, autoramas, autorais y otras cositas más. O encontro acontece pelas mãos de Julia Peixoto voz e harmonia, Rafael Augusto no space ritmo e Jeff Nefferkturu na baixaria filosófica. Para completar a noite, tocando músicas autorais, Ipomea Urutau cria um contato sentimental com seu público por um universo místico inspirado nas fábulas artísticas da Ilha e no astral da Música Popular Brasileira. A Ipomea Urutau é composta por três vocalistas: Natália Minatti, Henrique Bertotto (Jaca) e Pedro Rocha; um flautista: Felipe Ferro; um violonista: Sacha; um guitarrista: Augusto Demo; um baixista: Artur Paz; um trompetista: Murilo Marcos; um percussionista: Leo Saconatto e um bateirista: Daniel Starling.

Inicio: 11/11/2017 00:00

Fim: 11/11/2017 01:30

Ingressos: R$ 10 até às 23h. R$ 15 após.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE