PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

24º Festival Isnard Azevedo: Mato Cheio

Livremente inspirado pelo mito popular das escravizadas que fugiam pelas linhas férreas em direção ao mar, passando pela Casa da Ressaca – quilombo de passagem do começo do século XIX – até chegar aos quilombos da cidade de Santos, no litoral sul de São Paulo. Gasta-Botas, Salgada e Ninguém de Oliveira Neta dividem o mesmo corpo-imagético. Uma personagem vista de três perspectivas diferentes que caminha em busca de si e do lugar que ocupa. Elas anseiam em chegar ao mar, numa tentativa de reformar o passado, tragar o presente e construir outra possibilidade de futuro.

Inicio: 29/09/2019 19:00

Fim: 29/09/2019 21:00

Ingressos: Gratuito.



PUBLICIDADE
PUBLICIDADE